Temos o sorriso leve, fácil. Leveza no olhar e muito peso no abraço. Apertado é o nosso tempo, mas não é desculpa pra nada. E se não tiver jeito, a gente inventa. Moda, prosa, música. Inventa até a roda, de samba, claro. Como disse o poeta, "O samba mata a tristeza da gente". 

Calor quase sempre e mesmo no frio damos um jeito de ficar quente. Somos apaixonados, apaixonantes, abençoados, alucinantes.
SOMOS MILHÕES, SOMOS ÚNICOS. SOMOS A STO.SAMBA.

You may also like

Back to Top